Perspectiva

A vida é feita de escolhas e podemos encará-la de duas formas: 1- Reclamar (e culpar o mundo) por coisas que ainda não temos ou que precisamos abdicar no momento; 2- Ser grato e feliz pelas experiências que a gente passa e que nos foram dadas agora. Cada um escolhe um caminho, que pode ser trocado a qualquer momento – vale lembrar.

No primeiro a gente até pode achar que é libertador, que o universo realmente está conspirando contra e que a vida é injusta. Que talvez gritando isso para todos os cantos alguém te escute e as coisas comecem a melhorar. Deixo aqui a reflexão: Tem funcionado até agora?

Na segunda opção a gente não deixa de ter todas as angústias, medos e até algumas tristezas de vez em quando – é normal. A diferença é que desse outro lado temos a certeza de que existe Alguém olhando por nós e que nada é nos dado sem uma (boa) intenção por trás. Quando nos conectamos a isso, toda a inquietação é trocada por uma onda de paz e serenidade sobre as outras escolhas que precisam ser feitas e o caminho ao qual vamos seguir.

Todo ser humano passa por situações onde são colocados à prova. E que bom, pois só de frente com a dificuldade é que podemos olhar a vida de outros ângulos e perceber que existe muito mais do que apenas a nossa perspectiva de realidade.

Eu nunca achei que houvesse uma verdade absoluta no mundo e nunca neguei que a minha própria realidade sempre esteve em mutação. Eu sou assim, mudo de ideia o tempo todo, minha mente não para um segundo. Até dos meus sonhos eu consigo captar sentimentos e sensações diferentes que me fazem refletir quando estou acordada. E acho que isso é o mais incrível da vida.

Nós estamos aqui para experimentar, para quebrar a cara mesmo, para nos decepcionar, para viver, acima de tudo. Sem isso, nós nunca saberíamos dar valor aos momentos bons.  As oportunidade somos nós quem fazemos. Ainda que seja difícil, ainda que tudo pareça paralisar de vez em quando, ainda que as pessoas digam que você não é capaz ou que você mesmo coloque seus objetivos como impossíveis. Eles não são.

Eu não deveria me desculpar por algo que eu acredito, mas me perdoem. Pensar que as coisas ainda não aconteceram porque alguém ainda não as fez acontecer e esperar sentado enquanto se lamenta, é pouco demais para mim. Eu creio verdadeiramente que Ele age na nossa vida, se nós já tivermos escolhido qual caminho seguir e estivermos nos movimentando para isso.

Com Amor,

Nayara Rosolen

You may also like

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *