Está tudo bem

O bom da vida mesmo, é quando a gente para de se importar. Isso mesmo, quando a gente deixa tudo para lá. Todas as preocupações, as irritações sem motivos e a ansiedade exagerada.

Com o tempo passamos a entender que cada ser humano tem seu próprio tempo e jeito de levar as coisas, que ninguém nunca vai alcançar as nossas expectativas, pois cada um tem as suas próprias.

Um compromisso desmarcado não deve acabar com o seu dia, uma resposta mal dada talvez só tenha esse peso do seu ponto de vista. Há dias em que não estamos em sintonia com as pessoas ao nosso redor. E está tudo bem. Isso não precisa tomar uma importância maior do que tem.

As pessoas nunca serão as mesmas para sempre. Nós passamos por fases o tempo todo. Isso explica tantas chegadas e partidas, assim como as idas e voltas das mesmas pessoas. Se no momento as energias não estiverem batendo, a vida dá um jeito de colocar cada um no próprio trilho, até o momento em que vocês possam se encontrar de novo no meio do caminho. Ou não. Qualquer que seja o destino, está tudo bem.

Julgar pessoas diferentes, com contextos desconhecidos, que passam por situações que não fazem parte da sua realidade, não te faz uma pessoa melhor. Nem torna o outro pior. Cada um tem suas próprias lutas também. E, acredite, por mais próximos que possamos ser, nunca sabemos o que realmente passa dentro do outro. Há coisas dentro de nós que nós mesmo não conseguimos entender. Quem dirá explicar.

Se não deu certo agora, talvez não seja a hora. A frustração não pode te impedir de dar novos passos ou fazer desistir de um sonho. Começar a sofrer antecipadamente não vai fazer com que a situação passe mais rápido. Talvez nem aconteça. Se desesperar diante dos desafios não faz com que você os ultrapasse. Não duvide da sua capacidade. Por pior que possa parecer, sempre há um caminho. E se mesmo assim não for possível resolver, não se culpe. Estamos aqui para aprender.

A vida é muito mais do que números, aprovações do mundo e um sucesso definido pelos outros. Nós somos mais do que aquilo que conseguimos fazer ou demonstrar.

Se apegue só com o que você realmente é e com o que tem no presente. Daqui alguns segundos, tudo pode mudar. E está tudo bem.

Nayara Rosolen

 

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *